Meu perfil
BRASIL, Sudeste, CAMPINAS, Meninos e Meninas, de 15 a 19 anos, Informática e Internet, Arte e cultura, Homossexualidade

PARTICIPE DO E-CAMPINAS
Powered by groups.yahoo.com

Histórico:

- 13/07/2008 a 19/07/2008
- 29/06/2008 a 05/07/2008
- 15/06/2008 a 21/06/2008
- 08/06/2008 a 14/06/2008
- 25/05/2008 a 31/05/2008
- 04/05/2008 a 10/05/2008
- 06/04/2008 a 12/04/2008
- 30/03/2008 a 05/04/2008
- 23/03/2008 a 29/03/2008
- 16/03/2008 a 22/03/2008
- 09/03/2008 a 15/03/2008
- 02/03/2008 a 08/03/2008
- 17/02/2008 a 23/02/2008
- 30/12/2007 a 05/01/2008
- 18/11/2007 a 24/11/2007
- 11/11/2007 a 17/11/2007
- 04/11/2007 a 10/11/2007
- 28/10/2007 a 03/11/2007
- 16/09/2007 a 22/09/2007
- 26/08/2007 a 01/09/2007
- 19/08/2007 a 25/08/2007
- 12/08/2007 a 18/08/2007
- 05/08/2007 a 11/08/2007
- 29/07/2007 a 04/08/2007
- 22/07/2007 a 28/07/2007
- 15/07/2007 a 21/07/2007
- 08/07/2007 a 14/07/2007
- 01/07/2007 a 07/07/2007
- 24/06/2007 a 30/06/2007
- 17/06/2007 a 23/06/2007
- 10/06/2007 a 16/06/2007
- 27/05/2007 a 02/06/2007
- 20/05/2007 a 26/05/2007
- 13/05/2007 a 19/05/2007
- 06/05/2007 a 12/05/2007
- 29/04/2007 a 05/05/2007
- 01/04/2007 a 07/04/2007
- 25/03/2007 a 31/03/2007
- 07/01/2007 a 13/01/2007
- 26/11/2006 a 02/12/2006
- 10/09/2006 a 16/09/2006
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 02/07/2006 a 08/07/2006
- 25/06/2006 a 01/07/2006
- 18/06/2006 a 24/06/2006
- 11/06/2006 a 17/06/2006
- 28/05/2006 a 03/06/2006
- 07/05/2006 a 13/05/2006
- 02/04/2006 a 08/04/2006
- 19/03/2006 a 25/03/2006
- 12/02/2006 a 18/02/2006
- 05/02/2006 a 11/02/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 22/01/2006 a 28/01/2006
- 08/01/2006 a 14/01/2006
- 20/11/2005 a 26/11/2005
- 13/11/2005 a 19/11/2005
- 06/11/2005 a 12/11/2005
- 30/10/2005 a 05/11/2005
- 23/10/2005 a 29/10/2005
- 16/10/2005 a 22/10/2005
- 09/10/2005 a 15/10/2005
- 02/10/2005 a 08/10/2005
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 18/09/2005 a 24/09/2005
- 11/09/2005 a 17/09/2005



Outros sites:

- Bazar do E-Camp
- Blog do E-Brasília
- Blog do E-Sampa
- Blog do E-Floripa
- Blog do E-Manaus
- Blog do E-Mogi
- Blog do E-Palotina
- Blog do E-Poa
- Blog do E-Recife
- Blog do E-Rio
- Blog do E-Salvador
- Blog do E-Curitiba
- E-jovem.com - o site mix mais jovem da internet!



Indique esse Blog


Contador:

Layout:

Templates by Marina e Deco =]



A Bissexualidade: Estágio ou Condição?

Pra continuar o papo sobre bissexualidade, achei um post num blog de um amigo meu que diz tudo.

"Acho que gosto de São Paulo e gosto de São João, gosto de São Francisco e São Sebastião, e eu gosto de meninos e meninas (Renato Russo – Meninos e Meninas)

João Roberto era o maioral, o nosso Johny era um cara legal, ele tinha um opala metálico azul, era rei dos pegas na Asa Sul, e em todo lugar, quando ele pegava no violão conquistava as meninas e quem mais quisesse ter (Renato Russo - Dezesseis)

O campo da sexualidade humana é terreno fértil para a construção e disseminação de mitos sexuais e de gênero, e um deles, de grandes proporções e não compreendido por muitos, é a bissexualidade, enquanto orientação do desejo afetivo-sexual (termo revisto de opção sexual).

A bissexualidade é uma orientação sexual, juntamente com a homossexualidade e a heterossexualidade, que se caracteriza pela excitação sexual do indivíduo por ambos os sexos, são assim duas formas de sentir prazer.
Cazuza, que conseguiu ser o expoente máximo da tríade sexo, drogas e rock in roll, é talvez o artista bissexual mais famoso, o que nem assim conseguiu a bissexualidade na sua essência. Ano passado a famosa cantora Ana Carolina apareceu na capa da Revista Veja, cujo título era “Sou Bi, e daí?”. Na reportagem aparece dizendo que acha normal uma pessoa gostar dos dois sexos, e segundo a reportagem, representa uma nova geração que não esconde as preferencias sexuais, mas que não toma a sexualidade como bandeira de luta política.

(...)

Acerca da hipótese da fase bissexual, a bissexualidade tem uma certa invisibilidade social. Ninguém xinga outra pessoa de bissexual, preferem os termos bicha louca, veado, gayzinho, entre outros. A própria entidade que defende a diversidade sexual em nível nacional , a ABGLT (Associação Brasileira de Gays, Lésbicas e Transgeneros) não contempla a bissexualidade em sua própria sigla.

Muitas pessoas terminariam um relacionamento se descobrissem que seu parceir@ é bissexual. O motivo? Ciúme e medo de uma dita traição, pois quando se é homo ou heterossexual sabe-se de qual sexo ter ciúme, mas para o bissexual ambos os sexo servem e o parceiro não sabe de quem enciumar-se.

Existe também uma tendência de pessoas que acredita que o bissexual existe, mas não pensa em se relacionar com ele porque este estaria no ápice de uma hierarquia de promiscuidade, conforme já colocado anteriormente. Argumentam que a pessoa de fato gosta dos dois sexos, que o homem pode Ter uma linda mulher, que o satisfaça plenamente, mas sente desejos por homens também, e a qualquer hora pode traí-la.

Uma crença errônea é de que o bissexual sente desejo por ambos os sexos na mesma intensidade. Falácia. Existe uma inclinação maior para um dos sexos, variando de pessoa para pessoa. . Ocorre com mais freqüência o bissexual sentir uma maior atração afetivo-sexual por um determinado sexo, o que não exclui o outro sexo, daí a bissexualidade.

Dentro desta prerrogativa poderemos voltar a discussão do armário. Pelo fato do bissexual sentir em maior intensidade desejo por um dos sexos , quando este caso for pelo sexo oposto vamos observar a existência da vida dupla. Ai se assume perante a sociedade uma postura heterossexual com escapas esporádicas devido a pressão social.

Quanto aos que nesta lógica sentem desejos viverão uma grande inquietação pelos sentimentos, ficarão pela força da crise psicológica interrogando-se freqüentemente sobre sua sexualidade.

Todavia o bissexual ao ficar com uma pessoa do sexo oposto não o faz por aparências, para tentar demonstrar ser hétero, e sim por prazer. Isso é um fato, e muitos infelizmente não a compreendem. Isto faz com que o bissexual possa ficar mais tempo dentro do seu armário, por assim dizer. Este fato por si só faz com que tenhamos inúmeros bissexuais no armário.

Alfred Kinsey, sexologo norte-americano, realizou pesquisas sobre sexualidade humana e chegou a conclusão de que a orientação sexual é como um espectro. Nos extremos temos os que são exclusivamente homo ou heterossexuais , os que são predominantemente homo ou heterossexuais e os que são bissexuais, no meio, mas com uma boa representatividade.

Os heterossexuais, mesmo que neguem por uma questão de machismo ridículo, em algum momento da vida já sentiram atração ou desejo homo. Daí o caso de um cara hétero no vestiário da academia olhar de rabo de olho pro pênis do cara ao lado, e não se trata de medir apenas pra ver se o seu é maior ou menor, é um desejo que ele não sabe explicar nem administrar, mas que não vai adiante pelo medo, paradoxalmente, de ser taxado de gay. Também quase todo gay já sentiu desejos héteros pela melhor amiga. É desnecessário dizer que estas situações são mais comuns do que pensamos e as vezes tentamos negar.

Mesmo sem nenhuma base cientifica tenho a convicção de que o desejo afetivo-sexual depende do momento e do nível de excitação entre as partes envolvidas, assim a ocasião faz o ladrão. E assim haveria uma transcendência do termo orientação sexual.

Na música Dezesseis , Renato Russo sugere que Johny era bissexual, pois ao tocar o violão ele conquistava as meninas e quem mais quisesse Ter, ou seja, meninos. Assim, de forma implícita , é a forma como a bissexualidade é vivida pela maioria das pessoas. Desde a mais tenra idade o bissexual aprende que deve apresentar as namoradas e esconder os namorados. Isso é bem claro nesta díade explicito (conquistava as meninas) e implícito (e que mais quisesse ter), e este outro armário contribui para reforçar estereótipos quanto a bissexualidade.
Meu desejo é que tenhamos a faculdade de reconhecer que a bissexualidade não é uma fase ou imaturidade sexual. Quando chegarmos a esta consciência chegará um tempo em que haverá transito das pessoas com maior tranqüilidade entre os dois sexos. As pessoas irão mostrar-se capaz de amar e de se envolver emocionalmente com os parceiros, sejam homens ou mulheres, independente dos padrões morais da sociedade."

Eu tive que cortar um pouco porque o post é grande, mas tá tudo lá no blog Sexo em Debate.

Deco



- Postado por: E-Campinas às 6h33 PM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________




ESSA SEMANA TEM FILMINHO!

Não, não é Brokeback Mountain!

Alô você!!

Antes de mais nada, quero dar as boas-vindas aos que estão chegando aqui através do site E-jovem.com  - principalmente se forem de outros E-grupos! Tomar que vocês tenham muitas idéias e aproveitem muito do que a gente faz aqui em seus grupos!

Mas se você for de Campinas e ainda não nos conhece pessoalmente: que vergonha!! Tá esperando o quê? Tirando meu maridóvski, ninguém morde não (e ele só morde quem chega muuuito perto de mim... hehe ).

Bom, essa semana há um motivo especial pra aparecer no E-jovem: o tema da semana é bem sério - HOMOFOBIA - e, pra ajudar no debate, vamos passar um filminho gay lá na sede. E mais não falo pra não estragar a surpresa!

O bate-papo desse sábado vai ser na rua Uruguaiana, 93 - Centro, onde estamos nos reunindo desde o começo de abril. Vai ser no sábado, 05/05, às 18h.

SEMANA PASSADA

Semana passada foi engraçado... O tema era bissexualidade, mas a conversa acabou parando em travestis e até em se a trans operada tem a obrigação de dizer pro namorado que já foi homem ou não. O que vocês acham?

Sempre que a conversa no grupo sai da esfera gay-lésbica e penetra (ui!) nas altas esferas da diversidade sexual, é bafão. Mesmo com a bissexualidade, tão mais próxima, já saem altos debates. Tem os bissexuais do grupo, claro, que acabam ficando na berlinda; tem os que aceitam a bissexualidade, tem os que nãoacreditam que bissexuais existam - tem até quem ache que bissexualidade é safadeza! E isso num grupo razoavelmente pequeno, de umas 15 pessoas! Imaginem se fosse 200!

Descobrimos que rola muito preconceito contra bi mesmo... Os héteros acham que eles são todos viados e os gays desconfiam e morrem de medo de serem trocados por uma mulher. Acaba passando a idéia de que todo bi é galinha, o que não é verdade. E descobrimos também que o bi não precisa ficar com homem e mulher ao mesmo tempo sempre! Ohhhhh!!

Mas nossos bi Marcos e Fabinho defendram bem a classe!

Sorte nossa que em breve o Dr. Claudio Picazio vai nos visitar pra tirar todas essas dúvidas de sexualidades diversas! Vai ser muuuuito bom!!

Deixo-vos com uma imagem que eu achei linda: A Ilha de Lesbos vista do espaço:

Dá vontade de ir pra lá, né Aira??

Então é isso por aujourd'ui. Comentem, seus miseráveis!!

E visitem o site, quem não visitou, que tá massa: www.E-jovem.com

Beijo do Deco



- Postado por: E-Campinas às 9h50 AM
[ ] [ envie esta mensagem ]

___________________________________________________